feedback - 5 PASSOS PARA DAR UM BOM FEEDBACK

5 PASSOS PARA DAR UM BOM FEEDBACK

Muitos líderes não gostam de dar um feedback, principalmente para aqueles que não reagem bem as criticas e após algumas falhas apontadas o clima no ambiente muda totalmente. Contudo dar um feedback é necessário para o desempenho do funcionário e consequentemente para a empresa.

Para quem não tem ainda segurança de estar em uma posição superior aos outros, um curso de liderança ajudará a desenvolver as habilidades necessárias. Com objetivo de quebrar o medo de estar acima dos colegas de trabalho e conseguir atingir o crescimento profissional.
Para quem não tem esse problema, mas ainda não sabe como dar um bom feedback veja cinco dicas que podem lhe ajudar:

  1. Comece pelos pontos positivos
    Reconheça o valor do profissional. Destaque as características que evidenciem a importância dele no grupo. Ir direto ao assunto pode incomodar o colaborador. Analisar primeiro as qualidades indica que sua postura critica é construtiva.
  2. Aponte o que precisa mudar
    Procure apresentar justificativas para as críticas, tendo cuidado de se dirigir apenas às atitudes. Evite afetar pessoalmente o interlocutor, por meio de frases como “você é uma pessoa irresponsável”.
  3. Inverta os papéis
    Pergunte se o funcionário está satisfeito com as condições de trabalho. Peça sugestões de como melhorar os pontos em que ele julga haver falhas e sobre como você pode ajudar nesse processo.
  4. Estabeleça metas
    O feedback não tem sentido se não tiver como foco resolver os problemas. Guarde por escrito as ações que devem ser colocadas em prática e peça para que a pessoa avaliada também tome notas. E agende a próxima conversa.
  5. Escolha o lugar adequado
    Ouvir críticas sobre o próprio trabalho é uma situação que pode gerar desconforto. Por isso, marque uma reunião explicando qual é o assunto e escolha um local onde se possa conversar com privacidade e sem interferências.

Em um treinamento de liderança saber passar um feedback é uma das principais atividades a ser desenvolvidas, porém por mais preparado que esteja o superior nem sempre os colaboradores entenderão o retorno. Mas mesmo assim não evite em dar seu parecer um pequeno problema pode vir a ser uma bola de neve.

 

http://blog.passadori.com.br/5-passos-de-como-passar-um-bom-feedback/
http://blog.iniciativajr.com.br/como-dar-um-bom-feedback/

5 filmes para ajudar um lider

Os filmes são excelentes instrumentos de motivação, principalmente para empreendedores visionários. Muitos deles, inclusive, tiveram suas histórias retratadas através das telas. Afinal, grandes líderes servem de espelho para quem deseja trilhar um caminho de sucesso.

Separamos seis sucessos do cinema que equivalem a um curso de liderança, pois possuem lições de vida e carreira capazes de inspirar e despertar grandes ideias. Confira a nossa seleção.

  1. O Discurso do Rei

O filme dirigido pelo diretor inglês Tom Hooper faturou quatro Oscars (filme, ator, diretor e roteiro original). A obra conta a história de um príncipe gago que acaba se tornando o Rei George VI. Por conta do seu problema e falta de habilidade de falar em público, o personagem interpretado por Colin Firth passa a ter aulas com um fonoaudiólogo e terapeuta, com quem acaba fazendo uma grande amizade. O relato pode ser considerado um curso de oratória, habilidade fundamental para qualquer líder.

A Rede Social

Após o lançamento do filme, um dos fundadores do Facebook, Mark Zuckerberg, sofreu muitas críticas. Independente de opiniões e julgamentos, a história mostra que uma boa ideia pode ser aperfeiçoada e receber apoio de investidores. O que vemos acontecer, muitas vezes, com startups. Apesar da divisão de opiniões, A Rede Social foi bastante comentada em 2010, e chegou a ser indicada ao Oscar.

  1. Invictus

A biografia do grande líder, Nelson Mandela mostra como é valiosa uma liderança que prioriza o trabalho em equipe. Estrelado pelo ator Morgan Freeman, Invictus conta a brilhante trajetória do símbolo do Apartheid, que após 27 anos preso, conseguiu unir um país, com diversos problemas, usando o esporte como instrumento.

  1. À procura da felicidade

A saga conta a vida de Chris Gardner, que, depois de se afundar em dívidas, foi abandonado pela esposa e teve que cuidar sozinho do seu filho pequeno. A trajetória do protagonista, interpretado pelo ator Will Smith, que chega a dormir em abrigos e banheiros públicos, além de emocionante, é uma lição de persistência e superação.

  1. Piratas do Vale do Silício

O clássico mostra os bastidores da guerra entre os gigantes da informática, Bill Gates e Steve Jobs. O relato é uma aula de negócios, onde é possível identificar a grande capacidade de negociação e liderança dos dois gigantes do universo digital.

E a sua trajetória profissional? Merece ser contada em um filme? Compartilhe conosco as suas experiências do mundo corporativo!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *